Home / Viagem / Seguro de Viagem Internacional – Leia isso!

Seguro de Viagem Internacional – Leia isso!

Viajar é uma das coisas mais legais que existem. Conhecer pessoas e lugares novos, ter contato com outras culturas, ouvir o som de uma língua diferente… Nos preparativos de uma viagem, muitas vezes precisamos cortar custos e acabamos abrindo mão de itens que não consideramos tão importantes. É aí que muita gente acaba se enrolando, pois decide não fazer um seguro de viagem internacional. Para ver o procedimento, clique aqui.

O seguro de viagem é fundamental: garante que você vai receber atendimento médico no país em que estiver sem acabar gastando uma pequena fortuna e sem se endividar. Além disso, ele também traz outros benefícios, como no caso de extravio de bagagem.

Imagine que você está na Holanda, por exemplo, fazendo um passeio e torce o pé ou acaba comendo algo de um carrinho na rua e tem intoxicação alimentar. Como lidar com essa situação em um país completamente diferente, distante de família e amigos, sem dominar a língua local e sem conhecer direito a localização de hospitais? Isso sem contar na conta do hospital, que pode ser bem salgada, já que a maioria dos países não atende estrangeiros de graça.

Como deu para perceber, qualquer viajante prevenido precisa contratar um seguro de viagem internacional. Por isso, nós preparamos um pequeno guia sobre seguro de viagem para você que já está com a passagem comprada ou que ainda está planejando o roteiro do seu passeio internacional. Para cotação, clique aqui.

Seguro de Viagem Internacional

Como o seguro de viagem internacional funciona?

Um seguro de viagem internacional terá validade durante o período contratado e segundo as normas especificadas no contrato, ou seja, leia direitinho a apólice do seguro antes de contratar o serviço para saber com o que você pode contar. De forma geral, esse seguro funciona como uma espécie de plano de saúde temporário, além de uma forma de receber indenização em caso de acidentes e outras situações. Costuma ser feito para destinos internacionais, onde os planos de saúde brasileiros não têm cobertura.

É importante, também, escolher uma boa seguradora, clique aqui e veja a que recomendamos.

Por que contratar um seguro de viagem internacional?

Mesmo os viajantes experientes estão sujeitos a eventualidades, como doenças e acidentes. Quanto mais grave o problema, mais cara a conta. Além das consultas e dos remédios, você pode ter que bancar ambulância e até internação. Um seguro de viagem é relativamente barato e sai muito mais em conta do que pagar as contas de despesas médicas no exterior. Ele conta também com outras vantagens, como repatriação do corpo em caso de morte, clique aqui e veja mais.

O que cobre o seguro de viagem internacional?

O principal objetivo dos seguros de viagem internacional é cobrir atendimentos médicos de emergência e urgência, mas eles também oferecem outras garantias. Ao contratar esse serviço, é possível optar pelo plano básico ou então por seguros mais completos, a escolha é sua. Confira algumas das principais situações cobertas pelos seguros de viagem:

• Despesas farmacêuticas;
• Assistência funeral;
• Atendimento médico e odontológico 24h;
• Seguro caso haja interrupção ou cancelamento da viagem motivado por emergência médica;
• Localização de bagagem extraviada;
• Indenização se houver extravio de bagagem;
• Indenização em caso de invalidez total ou permanente;
• Indenização em caso de morte;
• Despesas jurídicas;
• Repatriação médica e funerária (garante a volta do segurado ao Brasil, seja em caso de doença/acidente ou de morte);
• Hospedagem depois da alta hospitalar;
• Visita ao viajante hospitalizado;
• Remarcação de passagem para regresso.

Seguro de viagem e assistência de viagem são os tipos de seguros mais utilizados. Eles são a mesma coisa?

Seguro de ViagemSeguro de viagem e assistência de viagem são serviços diferentes, mas ambos costumam ser chamados de seguro de viagem. No seguro de viagem em si, o viajante paga todas as despesas médicas e depois solicita que a seguradora faça o reembolso (respeitando valores definidos no contrato). O segurado precisa apresentar para a seguradora notas fiscais, comprovantes das despesas médicas, laudos e tudo o que possa comprovar seu atendimento. É burocrático, porém a vantagem desse tipo de seguro é que o viajante pode escolher qualquer lugar para receber atendimento, independentemente de ser parte ou não da rede conveniada do seguro.

Já na assistência de viagem, a seguradora arca diretamente com as despesas dos atendimentos (também seguindo valores estabelecidos no contrato). Mas há um porém: antes de ser atendido o segurado precisa entrar em contato com a seguradora, que irá indicar um local em que ele possa receber o atendimento. A exceção é em casos de emergência.

Assim, podemos diferenciar os dois tipos mais usados de seguros de viagem internacional em relação à liberdade de escolher o local de atendimento e a forma de pagamento quando o serviço é utilizado.
Como faço para contratar um seguro de viagem?

Existem muitas formas de contratar esse serviço, incluindo no site das empresas: empresas especializadas em seguro, agências de turismo, no seu banco, com a companhia aérea em que será feita a viagem, com as operadoras de cartão de crédito ou no site em que você comprou as passagens.

Lembre-se de que o seguro deve ser feito levando em consideração o(s) país(es) de destino e o tipo de atividade que você vai realizar na viagem. Quem vai praticar esportes radicais, gestantes e adultos com mais de 70 anos costumam ter que pagar valores diferenciados. É possível também escolher a complexidade do plano: do básico ao completo. Você vai precisar informar para sua seguradora os detalhes da viagem para garantir que a cobertura atenda suas expectativas.

Clique aqui e veja as melhores opções.

Quando e por quanto tempo contratar o seguro de viagem?

Você pode contratar um seguro de viagem internacional quando quiser antes de embarcar, até mesmo na véspera, através do site. A contratação do seguro deve ser, no mínimo, pelo período da viagem. Entretanto, como estamos sujeitos a imprevistos, o ideal é contratar o serviço por mais dois dias depois da data prevista para o retorno.

Como comprovo que tenho um seguro na viagem internacional?

Leve com você uma cópia física ou digital do contrato do seguro. Isso é importante, pois pode te ajudar a entrar em contato com a empresa do seguro e também pode ser solicitado quando passar pela imigração. Anote e leve com você o número do contrato e todos os telefones possíveis para atendimento em casos de emergência. Se possível, deixe essas informações com um responsável no Brasil e com algum companheiro de viagem.

Para conhecer a seguradora que nós usamos e recomendamos, clique aqui .
O seguro de viagem internacional é uma forma do viajante se proteger e não sair no prejuízo quando estiver no exterior. Não deixe de contratar esse serviço!

Veja também:

playa chac mool

México precisa de passaporte

México precisa de passaporte? Então, agora que você já sabe que brasileiros não precisam de visto ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wordpress SEO Plugin by SEOPressor